Estabilidade: especialista diz como identificar defeito no amortecedor

 

Notou a pancada desconfortável ao passar por um buraco ou lombadas? Carro apresenta instabilidade em curvas e freadas? Isso pode ser sinal de que os amortecedores de seu carro não estão bem. Esse defeito acaba interferindo em outros segmentos de seu veículo como o desgaste prematuro dos pneus e demais componentes de suspensão.

Ao confirmar o diagnóstico, o jeito é trocar as peças. E não adianta trocar apenas o que está com defeito. O fabricante recomenda a troca do par, pois não há garantia apenas para a unidade.

“O período de troca depende do tipo de carro. Nos populares, o tempo de troca é de 60 mil km.” – diz o supervisor de oficina Gleidsson Kellyson.

Como Funciona ?

O amortecedor fica localizado na região inferior do veículo, sendo um elemento de ligação entre a suspensão e a carroceria, que controla os movimentos das molas, fazendo com que o veículo mantenha a aderência ao solo.

Acompanhamos a troca da peça. Note pelas imagens que o amortecedor danificado apresenta a borracha ressecada e sem a função de absorção de impacto. “Se o coxim estourar, vai ficar só na mola. Tem que trocar os dois. Pois não adianta colocar só um, pois vai dar diferença”, alerta o  mecânico Lázaro Firmino de Araújo .

O comerciante Thales Tenório de Couto sentiu problemas no carro e logo procurou a oficina “Eu senti a batida seca. Já havia trocado os dianteiros e agora resolvi trocar os traseiros. Assim que eu notei o defeito, resolvi fazer logo o conserto para que não venha prejudicar outras coisas” – disse.

admin-ajax (1)

 

Assista ao vídeo:

Reportagem: Marcos Marabá

Notícias relacionadas