Renault inaugura conjunto de painéis solares e abastece veículos elétricos com energia 100% limpa

A Renault do Brasil inaugurou um conjunto de painéis fotovoltaicos de 132 metros quadrados em sua área industrial, localizada em São Jose dos Pinhais (PR). A eletricidade, gerada de forma 100% limpa a partir da captação da luz solar, é direcionada ao abastecimento dos veículos Renault Zoe, Twizy e Kangoo Z.E., e à iluminação de instalações próximas.

timthumb (2)

Instalados sobre a cobertura de uma área de acesso ao Complexo, o conjunto de 80 placas solares gera cerca de 20kwh. A geração de energia se dá de forma contínua durante o dia e inclusive em dias nublados com baixa luminosidade. A geração de eletricidade através de painéis solares faz parte da estratégia da Renault em aumentar a eficiência energética e da busca por fontes alternativas mais limpas.

Esta geração é suficiente para recarregar as baterias de um veículo elétrico como o Zoe em apenas 2 horas. “Trata-se de uma tecnologia bastante difundida e comprovadamente viável, que no caso dos veículos elétricos reforça ainda mais a sua imagem de alternativa de mobilidade urbana 100% limpa” destaca Fabio Re, Gerente Geral Polo Imobiliário, idealizador e responsável pela instalação juntamente com sua equipe.

timthumb (1)

Além do Brasil, Fabio Re implantou coberturas fotovoltaicas também em fábricas da Renault na França. Ao todo, seis unidades fabris (Douai, Maubeuge, Flins, Batilly, Sandouville e Cléon) tiveram seus pátios de veículos ou estacionamentos cobertos por painéis, totalizando 400 mil metros quadrados de área, o equivalente a 60 campos de futebol. Estas instalações, somadas, são capazes de gerar 59 MW, o que significa uma produção de 52.600 MWh  por ano, o que equivale ao consumo anual de uma cidade de 15.000 habitantes.

timthumb

No Complexo Ayrton Senna, juntamente com a inauguração do sistema fotovoltaico começou a operar também um eletroposto com a possibilidade de carregamento de até dois veículos elétricos simultaneamente. O sistema foi homologado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), reconhecido e aprovado pela Companhia Paranaense de Energia (Copel).

Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 6 =