Show car Duster Oroch, carro-conceito Kwid, Novo Fluence 2015 e Novo Sandero Stepway são os destaques da Renault no Salão de São Paulo

timthumb (1)O design Renault, uma das características mais fortes da marca, vai chamar a atenção dos visitantes na 28ª edição do Salão Internacional do Automóvel de São Paulo. Uma das estrelas da mostra é o show car Duster Oroch, desenvolvido pelo Renault Design América Latina (RDAL), uma interpretação da marca de uma picape derivada de um SUV (Sport Utility Vehicle) com amplo espaço para cinco pessoas. Outro destaque é o divertido e tecnológico carro-conceito Kwid, projeto concebido pelas equipes de estilo da marca em vários países, liderado pelo centro de design do Brasil, com a missão de explorar novos mercados.

A Renault lança ainda dois produtos: o Novo Fluence 2015 e a nova geração do Sandero Stepway, que chegam ao mercado junto com o Salão. Em comum, trazem o estilo marcante, seguindo a nova identidade visual da marca – criada por Laurens van der Acker, Vice-Presidente Sênior de Design do Grupo Renault.

O DNA esportivo da marca é representado pelo Megane R.S., desenvolvido pela Renault Sport, e pela lendária Lotus-Renault F1 preta e dourada modelo 95T de número 12, com motor Renault V6 turbo de 750 cv de potência. O monoposto é uma homenagem da marca ao piloto Ayrton Senna, que ganhou a sua primeira corrida na F1 com um carro igual a este, em 1985, numa histórica disputa no circuito de Estoril, Portugal.

 

timthumb (4)

O visitante pode ver também as quatro gerações de motores desenvolvidos e construídos pela Renault Sport F1, que abasteceram diversas equipes em 37 anos de Fórmula 1. Nesse período, a divisão de competição da marca cumpriu uma invejável trajetória de vitórias, acumulando 12 títulos mundiais de Construtores e 11 de Pilotos.

No nicho de esportividade, a Renault apresenta, ainda, o Twizy Renault Sport F1, primeiro carro elétrico de série da marca a abrigar a tecnologia desenvolvida para as pistas de corrida.

Ao lado desses modelos, confirmando a dedicação da marca com a mobilidade sustentável, o público confere o compacto Zoe e o urbano de dois lugares Twizy, carros 100% elétricos que integram a linha de modelos zero emissão (Z.E.) da Renault. Vale ressaltar que, no Brasil, a Renault já vendeu cerca de 70 unidades de veículos Z.E. desde meados de 2013, sendo a marca que mais estabeleceu parcerias envolvendo carros 100% elétricos com instituições públicas e privadas no País.

Outra novidade da linha 2015 é a série limitada Exclusive do Logan, com acabamento mais refinado e que também faz a sua estreia no Anhembi.

De maneira didática, o público também pode conferir o funcionamento do câmbio automatizado EASY’R, recém-lançado no Logan e Sandero, que economiza cerca de 20% de combustível na comparação com o câmbio automático convencional (com conversor de torque).

O estande traz ainda a Boutique Renault, onde os visitantes podem comprar peças de roupas, objetos de uso pessoal, miniaturas e brinquedos com as grifes Renault e Renault Sport.

 Show car Duster Oroch

Concebido pelo Renault Design América Latina (RDAL), um dos cinco centros de design da marca no mundo, localizado em São Paulo, o modelo é mais uma proposta de estilo, como tem acontecido nas últimas três edições do Salão Internacional do Automóvel de São Paulo. Com o show car Duster Oroch, a marca exibe um produto inovador, criado para o lazer, com bastante espaço para cinco pessoas e a robustez de um SUV.

timthumb

O show car é apresentado em exclusiva cor branca acetinada, com um toque personalizado de laranja, e está caracterizado com visual aventureiro, sendo ideal para a prática de esportes radicais, no caso o kitesurf. A parte dianteira valoriza a identidade da marca e desenvolve aspectos explorados anteriormente com o D-Cross Concept, uma reedição do Duster no Salão de São Paulo de 2012. Tanto na dianteira como na traseira, os amplos para-lamas dão robustez e força ao veículo.

Os racks de teto são perfeitamente integrados ao design do veículo e protegem o teto panorâmico de vidro, que proporciona grande luminosidade. O santantônio, equipamento característico das picapes, foi especialmente estudado para o transporte de pranchas de kitesurf, permitindo preservar o espaço para a carga na caçamba. O dispositivo oferece proteção ideal para levar equipamentos esportivos.

Duas câmeras traseiras equipam o veículo por fora e filmam as atividades de lazer. As imagens podem ser visualizadas numa tela dentro do carro. Com ângulo de visão de 80º a 140º, as câmeras dão a sensação de estar em perfeita sintonia com o mundo externo.

O ótimo espaço interno, a maior altura do solo, as grandes rodas (255×60 R18) e os protetores laterais são alguns dos elementos que fazem do show car  Duster Oroch uma picape pronta para qualquer aventura.

O painel de instrumentos é equipado com uma tela multimídia que permite ver, em tempo real, as imagens capturadas pelas duas câmeras instaladas na traseira da cabine dupla, na parte externa do veículo. As câmeras são controladas por um comando rotativo, que fica ao lado do passageiro, no console central.

Os assentos usam a nova tecnologia “Cover Carving Technology”, utilizada nos novos Logan e Sandero, que é uma camada adicional de espuma que permite utilização intensiva, acabamento de melhor qualidade e design exclusivo.

As cores e os materiais se inspiram em equipamentos usados na prática de esportes aquáticos. Detalhes coloridos, como laranja fluorescente, iluminam o ambiente na tonalidade carbono escuro. O aspecto de algumas peças – o painel de instrumentos, os painéis das portas e dos assentos – lembra o neoprene dos trajes de surfe.

Kwid Concept

Com ares de buggy, o Kwid  Concept é ao mesmo tempo tecnológico e versátil, graças às suas portas que remetem às asas de um besouro e ao drone que está acoplado ao carro. Esta é a primeira vez que um droneP é associado a um veículo, podendo enviar imagem em tempo real aos ocupantes através de uma câmera de alta definição acoplada à sua estrutura. Assim, pode mostrar a situação do trânsito, tirar fotos de paisagem ou detectar obstáculos pelo caminho.

timthumb (3)

O quadro de instrumentos e o volante do Kwid ficam no centro da cabine, e o motorista dirige sentado entre os passageiros da frente. A troca de marchas é feita por um botão localizado no painel.

Com design externo divertido e dinâmico, o Kwid Concept foi concebido para as necessidades dos jovens clientes que são ainda mais antenados em tecnologia. É o primeiro carro-conceito concebido pelas equipes de estilo da marca em vários países, liderado pelo Brasil, com a missão de explorar novos mercados fora da Europa.

 Novo Fluence 2015

Reconhecido como um dos melhores sedãs médios do País, o Fluence 2015 oferece tudo o que os exigentes clientes deste segmento desejam, como o moderno motor 2.0 16V Hi-Flex (143 cv com etanol), câmbio automático CVT X-Tronic, além de todo o pacote de segurança com ESP (controle de estabilidade), ABS com EBD e até seis airbags.

timthumb (5)

Porém, o Fluence 2015 se destaca no prazer ao dirigir e, ainda, pelos práticos itens de tecnologia que facilitam o dia a dia, como a exclusiva função walk away closing, que permite o travamento das portas e o recolhimento automático dos retrovisores sem que o motorista faça qualquer movimento, basta se afastar do veículo.

Já o sistema hands free permite a abertura das portas e partida do motor com maior liberdade, sem a necessidade de uma chave de contato do veículo.

O Fluence 2015 chega com a moderna e prática central multimídia R-Link, com GPS integrado e a novidade do reconhecimento de voz. O modelo traz, ainda, um design moderno e atraente, seguindo a nova identidade visual da Renault, além de iluminação diurna com LEDs no para-choque, novas rodas de liga leve e a inédita cor Preta Ametista.

O Salão do Automóvel é palco também para a apresentação de um estudo feito pelo Renault Design América Latina (RDAL) de como ficaria a versão GT Line do Novo Fluence 2015. O veículo exposto traz um pacote aerodinâmico composto por spoilers dianteiro e traseiro, saias laterais, aerofólio na tampa do porta-malas e extrator de ar no para-choque traseiro, que dão ao sedã um visual mais esportivo, na medida certa, sem exageros. Destacam-se também o novo desenho das rodas aro 17 polegadas.

Novo Sandero Stepway

O Novo Sandero Stepway, que está sendo lançado no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, tem visual ousado, bom nível de equipamentos, posição de dirigir elevada, conforto e versatilidade na condução, seja no dia a dia das grandes cidades, graças à sua maior altura do solo, seja no lazer do fim de semana. Tudo isso, mantendo qualidades já consagradas, como o maior espaço interno e porta-malas do segmento, além de robustez e garantia de fábrica de três anos.

timthumb (2)

O visual externo do Novo Sandero Stepway chama a atenção pela imponência típica dos SUVs e pelos detalhes que dão ao mesmo tempo ousadia e sofisticação. Na dianteira, o para-choque exclusivo desta versão transmite força pelos detalhes em preto e na parte inferior com o acabamento em tom prata. Os faróis com máscara negra, juntamente com os faróis de neblina, completam o conjunto.

Nas laterais, os contornos dos para-lamas dianteiros e traseiros, ligados pela saia lateral também em preto, transmitem robustez e personalidade. Outro destaque da lateral são as novas rodas de 16 polegadas. Na traseira, além do para-choque com parte inferior em preto e acabamento em prata, se destacam as lanternas com  máscara negra e os refletores no para-choque, que dão mais força ao visual. As barras do teto com o acabamento em duas tonalidades conferem um toque de sofisticação.

Já no interior as diferenças são os novos bancos, mais confortáveis e anatômicos, com detalhes de design nas costuras. A cor laranja no acabamento interno confere um toque sutil e especial, com destaque para as saídas de ar laterais e o painel de instrumentos, que também tem contornos com preto brilhante. Outro detalhe na cor laranja e que chama a atenção é a inscrição “Stepway” no raio inferior do volante, imprimindo um toque de sofisticação. O painel central todo em preto brilhante também contribui para o visual sofisticado do modelo.

Assim como os novos Logan e Sandero, o design da nova versão Stepway foi desenvolvido com a participação do Renault Design América Latina (RDAL).

Ter soluções inteligentes, intuitivas e fáceis de usar é o que a Renault está sempre oferecendo. Prova disso é o equipamento de série Media NAV 1.2, com tela sensível ao toque de sete polegadas integrada ao painel, que traz as novas funções Eco-Coaching e Eco-Scoring, além de GPS, Bluetooth, rádio e visualização da temperatura externa e “pop-up” com informações do ar-condicionado automático.

A função Eco-Scoring avalia a condução do motorista ao final de um percurso, levando em conta o momento certo para a troca de marchas, a regularidade da velocidade, o consumo e a quilometragem percorrida. Junto com o Eco-Scoring, está o Eco-Coaching, que orienta o condutor para dirigir de modo mais econômico.

O Novo Sandero Stepway traz ainda de série piloto automático (limitador e controlador de velocidade). O limitador evita que o motorista, inadvertidamente, ultrapasse a velocidade máxima permitida na via. Mesmo que o acelerador continue pressionado, o carro não ultrapassa o limite programado pelo condutor. Em caso de emergência, porém, basta pisar no acelerador até o fundo para desativar o limitador e, por exemplo, completar com mais rapidez uma ultrapassagem.

Outros itens que equipam o modelo e aumentam o conforto a bordo são os espelhos retrovisores e os vidros traseiros com acionamento elétrico – itens até então só disponíveis como opcionais na versão Stepway e que agora são de série.

O Sandero Stepway chega com o motor 1.6 8V Hi-Power e opção de câmbio manual  ou automatizado EASY’R, ambos de cinco marchas. Esse motor gera 106 cv quando abastecido com etanol e 98 cv com gasolina. O torque máximo é 15,5 kgfm com etanol e 14,5 kgfm com gasolina. Um fator importante é a disponibilidade do torque a partir de 1.500 rpm, garantindo agilidade e retomadas de velocidade mais rápidas.

ESPORTIVIDADE

Megane R.S.

Desenvolvido pela Renault Sport, a divisão de competição e esportiva da marca, o Megane R.S. é equipado com o potente motor 2.0 16V turbo de 265 cv, que associado ao câmbio mecânico de seis marchas e diferencial de deslocamento limitado, lhe confere elevado desempenho e esportividade.

O modelo é o atual detentor do recorde de volta mais rápida para carros de rua com tração dianteira no famoso circuito de Nürburgring, na Alemanha.

O interior do Megane R.S. traz detalhes e acessórios exclusivos, como bancos esportivos Recaro, rodas de liga leve com aros de 19 polegadas de diâmetro, pneus especiais que suportam alta velocidade e freios dimensionados Brembo.

Lotus Renault F1 95T

A icônica Lotus Renault preta e dourada modelo 95 T, impulsionada pelo motor turbo Renault EF4, de seis cilindros em “V” e 750 cv de potência, é um dos modelos mais lembrados pelos aficionados por automobilismo e principalmente pelos brasileiros. Foi com um carro idêntico a este que em 1985 o piloto brasileiro Ayrton Senna conseguiu sua primeira vitória na Fórmula 1. Foi no GP de Portugal, no lendário circuito do Estoril, debaixo de chuva.

A Renault fez sua estreia na Fórmula 1 com uma equipe própria em 1977, onde inovou com a tecnologia dos motores turbocompressores. A Lotus, uma das principais escuderias da F1 encomendou  os motores V6 turbo da Renault em agosto de 1982, o que marcou a entrada da Renault no seleto grupo de fornecedores de motores da principal categoria do automobilismo mundial.

A marca utiliza seus laboratórios de pesquisas espalhadas no mundo todo e aproveita, ainda, a expertise de 37 anos de Fórmula 1, com 12 títulos mundiais de Construtores e 11 vezes campeã de Pilotos na categoria.

 Motores de Fórmula 1

Como em uma linha do tempo, a Renault exibe o primeiro motor da era turbo, o V6 1.5 litro de 800 cv, utilizado na categoria de 1977 a 1986, responsável pela conquista de 20 vitórias e 50 pole positions;  o V10 3.0 de 930 cv, que virou referência nas pistas de F1 de 1989 a 2005 ao obter 6 títulos de Pilotos, 7 títulos de Construtores, além de 85 vitórias e 97 pole positions; o V8 2.4 de 750 cv, que impulsionou várias equipes de 2006 a 2013, considerado uma história de sucesso por sua excelente performance e a conquista de 5 títulos de Pilotos, 5 de Construtores, 60 vitórias e 66 pole positions; e ainda o estreante V6 1.6 turbo e elétrico, de 600 cv de potência, que atualmente é utilizado pelo tetracampeão mundial de F1 Sebastian Vettel, da Red Bull Racing Renault.

Esta atual unidade de propulsão, conhecida como Energy F1-2014, traz o inédito sistema de recuperação de energia cinética (MGS-K), desenvolvido pela Renault, que reaproveita a energia dispendida nas frenagens para abastecer um motor elétrico, disponibilizando 160 cv extras nas ultrapassagens. Essa mesma tecnologia, de motores “downsizing”, de máxima eficiência energética, com elevado desempenho e reduzido consumo de combustível, também está presente nos modelos de linha da Renault.

Twizy Renault Sport F1

O Twizy Renault Sport F1 é mais que um carro elétrico conceito. O modelo se revela um exemplo de como é possível transferir para um veículo de série a tecnologia empregada em carros de corrida.

Derivado do Twizy Z.E., o Twizy Renault Sport F1 mostra estilo inconfundível e desempenho de esportivo. O carro traz várias inovações desenvolvidas pelos engenheiros da Renault Sport Technologies e Renault Sport em diversas categorias nas pistas da Europa.

Externamente, o Twizy Renault Sport F1 é dotado de asas estabilizadoras, túnel de ar sob o assoalho, pneus slick e difusor traseiro que abriga lanterna de chuva, demonstrando claramente sua inspiração na categoria máxima do automobilismo. Por dentro, o cockpit incorpora barras anticapotagem, banco de competição, e volante derivado da Fórmula 1.

Na parte mecânica, a maior inovação é a introdução do sistema de recuperação de energia cinética (batizado pela Renault de MGS-K, também conhecido como KERS), utilizado atualmente na F1, e do qual a Renault foi uma das precursoras em 2009. O dispositivo atua como gerador de energia quando o carro está em movimento e como um motor elétrico extra acoplado à transmissão, que devolve temporariamente a energia acumulada às rodas, funcionando como um booster. Ou seja, quando o dispositivo é acionado a potência aumenta cerca de seis vezes e o Twizy Renault Sport F1 se transforma num pequeno foguete: salta de 17 cv para 97 cv, fornecendo ao carro 80 cv a mais por cerca de 13 segundos. Com essa dose extra de energia, é capaz de atingir instantaneamente 110 km/h, imprimindo uma aceleração de 0 a 100 km/h equiparável à do Megane R.S., o modelo de série da Renault mais rápido na atualidade.

CARROS ELÉTRICOS: O FUTURO É AGORA

Zoe e Twizy

Para a Renault, o carro elétrico não é o futuro, é o agora. Líder mundial na comercialização de veículos elétricos no âmbito da Aliança Renault-Nissan, a Renault traz o compacto Zoe e o urbano Twizy, que compõem a linha zero emissão da marca. Lançados em 2012 na Europa, esses modelos rodam no Brasil desde 2013 por meio de parcerias com empresas de serviços públicos, distribuidoras de energia e prefeituras.

Ambos integram projetos públicos e privados de mobilidade urbana do país, como o Curitiba Ecoelétrico e Brasília Ecomóvel, que já contribuíram, em apenas três meses de operação, com a redução de 4 toneladas de emissão de CO2 na atmosfera.

O Zoe, líder de vendas em seu segmento na Europa, é um hatch compacto familiar para quatro pessoas, que mantém o mesmo design e conforto da sua versão com motor convencional. Além de econômico, o carro possui autonomia superior a 210 quilômetros. Seu motor elétrico rende 88 cv de potência e 22,4 kgfm de torque, e é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 13 segundos. O Zoe ainda é equipado com sistema multimídia, com tela touch screen e comandos no volante.

Já o Twizy, menor e mais leve que o Zoe e com apenas dois lugares, é projetado para uso estritamente urbano. Pequeno, ágil e versátil, se encaixa em qualquer vaga e pode ser estacionado perpendicularmente à calçada. Alimentado com baterias de íon de lítio, seu motor elétrico dianteiro tem 20 cv de potência e 7,1 kgfm de torque. A velocidade máxima vai até 85 km/h e a autonomia atinge até 100 quilômetros.

A Aliança Renault-Nissan é líder mundial no segmento de veículos zero emissão, com mais de 176 mil veículos elétricos vendidos em todo o mundo. É o único grupo automotivo com uma gama completa de veículos 100% elétricos e investe 4 bilhões de euros no desenvolvimento dessa tecnologia.

LINHA 2015

Série Limitada Logan Exclusive

Marcada pelo sucesso comercial, a nova geração do Logan é apresentada no Salão do Automóvel com a série limitada Exclusive, que começa a ser vendida em novembro.

O Logan Exclusive traz de série ar-condicionado automático, Media NAV 1.2, rodas de liga leve 15 polegadas, piloto automático, câmera de ré (com imagem na tela do Media NAV 1.2), bancos em couro e vidro elétrico do motorista “one touch”.

Visualmente, as diferenças do Logan Exclusive são as rodas pintadas na cor “dark metal”, os retrovisores em preto brilhante e os adesivos “Exclusive” nas laterais. Por dentro, as novidades são o painel em um tom de cinza mais escuro e a inscrição “Exclusive” no volante.

Com motor 1.6 8V, o Logan Exclusive pode ter câmbio manual ou automatizado EASY’R, ambos de cinco marchas, e será vendido em apenas quatro cores: branca, preta, prata e cinza.

 Novo Sandero

A nova geração do Sandero, lançada em julho, e que apenas um mês após o lançamento já estava na lista dos carros mais vendidos do Brasil, também está no Anhembi. O visitante pode conferir duas versões Dynamique: uma com câmbio mecânico e outra com câmbio automatizado EASY’R.

Referência em robustez e com maior espaço interno e porta-malas do segmento, o Sandero agrada tanto às famílias como aos jovens solteiros, que procuram um carro bonito, prático e equipado. Graças ao Media NAV 1.2 (central multimídia que oferece GPS, sistema de som, Bluetooth e as funcionalidades Eco-Coaching e Eco-Scoring), o Sandero também chama a atenção dos mais conectados que não abrem mão da tecnologia.

O Novo Sandero trouxe para o segmento, que é o principal do mercado brasileiro e corresponde a 50% das vendas de automóveis de passeio, equipamentos até então inéditos, como Media NAV, ar-condicionado automático e piloto automático.

 Duster

Um dos utilitários-esportivos compactos mais vendidos do país, com cerca de 140 mil unidades comercializadas, o Duster chega à linha 2015 mantendo características como robustez, espaço interno, versatilidade e design, que fazem do modelo da Renault um sucesso de público. As versões exibidas no Salão são a Dynamique 4X4, que representa toda a capacidade off road do modelo.

O Duster está disponível com duas opções motores: 1.6 16V Hi-Flex e 2.0 16V Hi-Flex; duas de tração: 4×2 ou 4×4; e duas de câmbio: 6 marchas manual ou automático.

Boutique Renault

Para os apreciadores dos modelos da marca, o estande disponibiliza a Boutique Renault, onde os visitantes podem comprar relógios, camisetas, camisas, casacos, jaquetas com a assinatura Renault Sport, além de chaveiros, mochilas, pastas de notebooks ostentando o logotipo do fabricante, e ainda miniaturas em escala de carros elétricos e carros de competição da Renault, e brinquedos para crianças.

Estande

Para mostrar tantas novidades, a Renault montou no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo um estande especial de 2.000 m², de concepção ousada e distribuição espacial inusitada. Exibido pela primeira vez no Salão de Paris de 2012 e replicado nos autoshows de Genebra, Xangai e Frankfurt, sua arquitetura segue o conceito “The Bump”, premiado em 2013 pelo Conselho Alemão de Design e pelo Red Dot Design Award. Seu layout moderno – inédito no Brasil – é ao mesmo tempo clean e acolhedor, e passa a sensação de movimento.

Por este conceito arquitetônico, os veículos são dispostos em círculos concêntricos, em torno da colina dotada de plataforma giratória no topo, onde ficam expostos os principais destaques da marca no Salão. Desta forma, os modelos podem ser vistos de todos os lados do estande, seja qual for a posição do visitante, conferindo ao público uma experiência tridimensional marcante.

 

Ficha técnica: Novo Fluence 2015

 

DYNAMIQUE

DYNAMIQUE CVT DYNAMIQUE CVT PLUS

PRIVILÈGE

Arquitetura

Carroceria monobloco, 3 volumes, 4 portas, 5 passageiros

Motor

2.0 16V Hi-Flex DOHC CVVT

Tração

Dianteira

Cilindrada

1.997 cm³

Diâmetro x curso

84 mm x 90,1 mm

Taxa de compressão

10 :1

Potência máxima (ABNT)

143 cv (etanol) a 6.000 rpm / 140 cv (gasolina) a 6.000 rpm

Torque máximo (ABNT)

20,3 mkgf (etanol) a 3.750 rpm / 19,9 mkgf (gasolina) a 3.750 rpm

Alimentação

Injeção Eletrônica Multiponto Sequencial

Rodas

Liga leve R16

Liga leve R17

Pneus

205/60 R16 ou 205/55 R16

205/55 R17

Suspensão dianteira

Tipo MacPherson, com braço inferior triangular, barra estabilizadora, molas helicoidais e amortecedores hidráulicos telescópicos

Suspensão traseira

Eixo soldado em “H” de deformação programada, molas helicoidais,

estalizadora integrada e amortecedores hidráulicos telescópicos

Freios

Sistema ABS com auxílio de frenagem de urgência (AFU) e distribuição

de frenagem (EBD), discos ventilados dianteiros de 280 mm de diâmetro e

sólidos na traseira de 260 mm de diâmetro

Direção

Elétrica com Assistência Variável

Câmbio

Manual de 6 marchas ou automática CVT X-Tronic, com opção de trocas sequenciais de

6 marchas

Automática CVT X-Tronic, com opção de trocas

sequenciais de 6 marchas

Relações de marcha

Modo automático:

1ª………………….3,72:1

Abertura mínima: 2,349

2ª………………….2,10:1

Abertura máxima: 0,394

3ª………………….1,45:1

Modo sequencial:

4ª………………….1,11:1

1ª………………….2,50:1

5ª………………….0,91:1

2ª………………….1,38:1

6ª………………….0,76:1

3ª………………….0,99:1

Ré…………………3,81:1

4ª………………….0,75:1

Diferencial………4,31:1

5ª………………….0,58:1

6ª………………….0,44:1

Diferencial………6,47:1

Tanque de Combustível

60 litros

Porta-malas

530 litros

Carga útil

430 kg

413 kg

Peso em ordem de marcha

1.369 kg

1.372 kg

Entre-eixos

2.700 mm

Comprimento

4.620 mm

Altura

1.470 mm

Largura sem retrovisores

1.810 mm

Aceleração 0 a 100 km/h 9,7 s (etanol) / 9,9 s (gasolina)

9,9 s (etanol) / 10,1 s (gasolina)

Velocidade máxima 200 km/h

195 km/h

 

Ficha Técnica: Novo Sandero Stepway

Arquitetura

Carroceria monobloco, 2 volumes, 5 passageiros, 4 portas

Motor

Quatro tempos, bicombustível  (gasolina e/ou etanol),

quatro cilindros em linha

Tração
Dianteira
Cilindrada

1.598 cm³

Diâmetro x curso

79,5 mm x 80,5 mm

Taxa de compressão

12:1

Potência máxima (ABNT)

98 cv (gasolina) a 5.250 rpm / 106 cv (etanol) a 5.250 rpm

Torque máximo (ABNT)

14,5 kgfm (gasolina) a 2.850 rpm / 15,5 kgfm (etanol) a 2.850 rpm

Alimentação

Injeção eletrônica multiponto sequencial

Rodas

16 polegadas

Pneus

205/55 R16

Suspensão dianteira

Tipo MacPherson, triângulos inferiores, amortecedores

 hidráulicos telescópicos com molas helicoidais

Suspensão traseira

Rodas semi-independentes, molas helicoidais e amortecedores

hidráulicos telescópicos verticais com efeito estabilizador

Freios

Dianteiros: discos ventilados de 258 mm de diâmetro, 22 mm espessura.

Traseiros: tambores com 203 mm de diâmetro

Direção

Hidráulica, diâmetro giro 10,6 m

Câmbio

Manual, 5 velocidades e marcha ré

Relações de marcha

1ª………………….3,73:1

2ª………………….2,05:1

3ª………………….1,32:1

4ª………………….0,97:1

5ª………………….0,76:1

Ré…………………3,55:1

Diferencial………4,36:1

Tanque de combustível

50 litros

Porta-malas  

320 litros

Carga útil

458 kg

Peso (em ordem de marcha)

1.120 kg

Entre-eixos

2.590 mm

Comprimento

4.066 mm

Altura

1.559 mm

Largura (sem retrovisores)

1.761 mm

Aceleração 0 a 100 km/h

11,6 segundos (gasolina) / 11,4 segundos (etanol)

Velocidade máxima

167 km/h (gasolina) / 169 km/h (etanol)

 

Ficha Técnica: Megane R.S.

Motor

 Transversal, dianteiro, 4 cilindros em linha, 16 válvulas

Tração
Dianteira
Cilindrada

1.998 cm³

Diâmetro x curso

82,7 mm x 93,0 mm

Taxa de compressão

8,6:1

Potência máxima (ABNT)

265 cv a 5.500 rpm

Torque máximo (ABNT)

36,7 kgfm entre 3.000 e 5.000 rpm

Rodas

19 polegadas

Pneus

235/35 R19

Freios

Duplo circuito em X na dianteira e na traseira

Direção

Elétrica, diâmetro de giro 11,35 m

Câmbio

Manual, 6 velocidades

Relações de marcha

1ª………………….  3,08:1

2ª………………….  1,95:1

3ª………………….. 1,39:1

4ª………………….. 1,03:1

5ª………………….. 0,8:1

6ª…………………   0,67:1

Diferencial            4,19: 1

Tanque de combustível

60 litros

Porta-malas  

320 litros

Carga útil

458 kg

Peso (em ordem de marcha)

1.120 kg

Entre-eixos

2.590 mm

Comprimento

4. 299 mm

Altura

1.435 mm

Largura (sem retrovisores)

1.848 mm

Aceleração 0 a 100 km/h

6,0 s

Velocidade máxima

255 km/h

 

Ficha técnica: Twizy Renault Sport F1

Motor

Elétrico assíncrono

Potência máxima (ABNT)

72 kW / 98 cv a 10.000 rpm

Potência extra – KERS

80 cv a 36.000 rpm, disponíveis durante 14s

Peso (em ordem de marcha)

564 kg

Relação peso/potência (kg/cv)

5,8

Comprimento

2,60 m

Altura

1,45 m

Largura (sem retrovisores)

1,49 m

Velocidade máxima

110 km/h

 

Ficha técnica: Elétricos Zoe e Twizy

ZOE

Arquitetura

Carroceria monobloco, dois volumes, cinco lugares, quatro portas

Motor

Elétrico, dianteiro, transversal

Tração
Dianteira
Potência máxima (ABNT)

88 cv (65 kW)

Torque máximo (ABNT)

22,4 kgfm

Alimentação

Baterias de íon-lítio

Pneus

185/65 R15

Suspensão dianteira

Dianteira do tipo MacPherson, com rodas independentes, braços

triangulares transversais e barra estabilizadora

Suspensão traseira

Barra de torção, amortecedores hidráulicos

Freios

A disco (dianteiros) e tambor (traseiros), com sistema ABS

Direção

Elétrica, diâmetro de giro 11,9 m

Câmbio

Uma marcha à frente e uma à ré

Porta-malas  

388 litros

Carga útil

650 kg

Peso (em ordem de marcha)

1.392 kg

Entre-eixos

2.590 mm

Comprimento

4.080 mm

Altura

1.540 mm

Largura (sem retrovisores)

1.780 mm

Aceleração 0 a 100 km/h

13,5 s

Velocidade máxima

135 km/h

TWIZY

Arquitetura

Quadriciclo, 2 lugares, 2 portas

Motor

Elétrico, traseiro, transversal

Tração
Traseira
Potência máxima (ABNT)

17 cv (13 kW)

Torque máximo (ABNT)

7,1 kgfm

Alimentação

Baterias de íon-lítio

Pneus

125/80 R15

Suspensão dianteira

Dianteira do tipo MacPherson, com rodas independentes, braços

triangulares transversais e barra estabilizadora

Suspensão traseira

Independente do tipo Multilink e amortecedores hidráulicos

Freios

A disco (dianteiros) e tambor (traseiros)

Direção

Elétrica, diâmetro de giro 6,9 m

Câmbio

Uma marcha à frente e uma à ré

Porta-malas 

31 litros

Peso (em ordem de marcha)

445 kg

Entre-eixos

2.700 mm

Comprimento

2.320 mm

Altura

1.460 mm

Largura (sem retrovisores)

1.190 mm

Aceleração 0 a 100 km/h

6,1 s

Velocidade máxima

45 km/h

 

Ficha técnica: Novo Logan Exclusive

 

 

Arquitetura

Carroceria monobloco, 3 volumes, 4 portas, 5 passageiros

Motor

Quatro tempos, bicombustível (etanol e/ou gasolina),

quatro cilindros em linha

Tração
Dianteira
Cilindrada

1.598 cm³

Diâmetro x curso

79,5 mm x 80,5 mm

Taxa de compressão

12:1

Potência máxima (ABNT)

106 cv (etanol) a 5.250 rpm / 98 cv (gasolina) a 5.250 rpm

Torque máximo (ABNT)

15,5 kgfm (etanol) a 2.850 rpm / 14,5 kgfm (gasolina) a 2.850 rpm

Alimentação

Injeção Eletrônica Multiponto Sequencial

Rodas

15 polegadas

Pneus             

185/65 R15

Suspensão dianteira

Tipo MacPherson, com triângulos inferiores, amortecedores hidráulicos telescópicos com molas helicoidais, com barra estabilizadora

Suspensão traseira

Semi-independentes, molas helicoidais e amortecedores hidráulicos telescópicos verticais com barra estabilizadora

Freios

Duplo circuito “X”, discos ventilados dianteiros, com 259 mm de diâmetro

e tambores traseiros com 203 mm de diâmetro.

Direção

Hidráulica, diâmetro giro 10,6 m

Câmbio

Manual, 5 velocidades e marcha ré

Relações de marcha

1ª………………….3,73:1

2ª………………….2,05:1

3ª………………….1,32:1

4ª………………….0,97:1

5ª………………….0,76:1

Ré…………………3,55:1

Diferencial………4,36:1

Tanque de combustível

50 litros

Porta-malas (litros)

510

Carga útil

446 kg

Peso (em ordem de marcha)

1.070 kg

Entre-eixos

2.635 mm

Comprimento

4.349 mm

Altura

1.529 mm

Largura / Largura com retrovisores

1.733 mm / 1.994 mm

Aceleração 0 a 100 km/h

11,6 s (etanol) / 11,9 s (gasolina)

Velocidade máxima

180 km/h (etanol) / 178 km/h (gasolina)

 

Ficha técnica: Novo Sandero 1.6 8v hi-Power

 

Dynamique

Arquitetura

Carroceria monobloco, 2 volumes, 5 passageiros, 4 portas

Motor

Quatro tempos, bicombustível  (gasolina e/ou etanol),

quatro cilindros em linha

Tração
Dianteira
Cilindrada

1.598 cm³

Diâmetro x curso

79,5 mm x 80,5 mm

Taxa de compressão

12:1

Potência máxima (ABNT)

98 cv (gasolina) a 5.250 rpm / 106 cv (etanol) a 5.250 rpm

Torque máximo (ABNT)

14,5 kgfm (gasolina) a 2.850 rpm / 15,5 kgfm (etanol) a 2.850 rpm

Alimentação

Injeção eletrônica multiponto sequencial

Rodas

15 polegadas

Pneus

185/65 R15

Suspensão dianteira

Tipo MacPherson, triângulos inferiores, amortecedor hidráulicos telescópicos com molas helicoidais

Suspensão traseira

Rodas semi-independentes, molas helicoidais e amortecedores hidráulicos telescópicos verticais com efeito estabilizador

Freios

Dianteiros: discos ventilados de 258 mm de diâmetro, 22 mm espessura.

Traseiros: tambores com 203 mm de diâmetro

Direção

Hidráulica, diâmetro giro 10,6 m

Câmbio

Manual, 5 velocidades e marcha ré

Relações de marcha

1ª………………….3,73:1

2ª………………….2,05:1

3ª………………….1,32:1

4ª………………….0,97:1

5ª………………….0,76:1

Ré…………………3,55:1

Diferencial………4,36:1

Tanque de combustível

50 litros

Porta-malas  

320 litros

Carga útil

450 kg

Peso (em ordem de marcha)

1.055 kg

Entre-eixos

2.590 mm

Comprimento

4.060 mm

Altura

1.536 mm

Largura (sem retrovisores)

1.733 mm

Aceleração 0 a 100 km/h

11,2 segundos (gasolina) / 11,0 segundos (etanol)

Velocidade máxima

177 km/h (gasolina) / 179 km/h (etanol)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − onze =